Nova Poupança: Sempre o pior rendimento.


Para os depósitos na poupança efetuados a partir de 04/05/2012, valem as novas regras de rendimento da poupança:

  • Quando a taxa SELIC for igual ou menor a 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 70% da taxa SELIC + TR;
  • Quando a taxa SELIC for maior a 8,5% ao ano, o rendimento da poupança permanecerá a mesma de antes, ou seja, 6,1678% ao ano+TR (ou 0,50% ao mês+TR);

Para os depósitos na poupança efetuados antes de 04/05/2012, continua valendo a regra antiga de rendimento:

  • Rendimento de 6,1678%+TR (ao ano) ou 0,50%+TR (ao mês);

Ou seja, o governo garante que a poupança sempre será o pior investimento para os poupadores, principamente pior que os Títulos Públicos. Dito isso, por que ainda guardamos dinheiro na poupança?

Calma! Não é hora de sacar o dinheiro da poupança. Estou apenas dizendo que não é uma boa depositar mais dinheiro. Para quem já tem depósitos efetuados na poupança antes do dia 04/Maio/2012, é uma boa estratégia manter este dinheiro o máximo de tempo possível, numa aposta que a taxa SELIC irá baixar num futuro próximo. Então a pergunta sobre a poupança só vale para “dinheiro novo”, isto é, dinheiro que será poupado a partir de agora. Para o dinheiro já poupado antes da nova regra, o melhor é deixá-lo quietinho lá, pois, em pouco tempo, pode se tornar o melhor rendimento da sua carteira.

Minha estratégia de curtíssimo prazo é:

  • Como minha conta-corrente é vinculada a poupança, farei todos os meus gastos do mês no cartão de crédito. Quando chegar a fatura, pagarei com o meu próximo salário que, se fosse investido na poupança, seria sujeito as novas regras;

Atenção: Que cada leitor faça sua análise e defina suas estratégias por sua própria contas e risco. Não me responsabilizo por danos, prejuízos ou cessação de lucros por quem acreditou nas previsões acima. Que cada uma reflita melhor a conjuntura e estabeleçam suas próprias estratégias de investimentos.

Estratégia para novas economias:

  • Juros mais baixos estimulam investimentos privados. Isso também incentiva o consumo. Como os investimentos realizados agora demoram para dar retorno, acredito num aumento da inflação. Vou procurar fundos de investimentos ou títulos públicos com rendimentos atrelados a inflação.
  • Acredito numa desvalorização do Real (R$). Juros mais baixos desestimulam investidores estrangeiros e pode ocorrer uma fuga do dólar.
  • O preço dos imóveis não devem aumentar. Já estão muito caros e o caminho é só para baixo. Mesmo com a queda de juros, uma família com rendimento inferior a 10k ainda não consegue financiar R$200.000,00. Com 200k, não dá para comprar imóvel decente no Rio de Janeiro. Pelo menos, não decente para as pouquíssimas famílias que tem 10k de rendimento.

3 thoughts on “Nova Poupança: Sempre o pior rendimento.”

  1. Gostaria de fazer uma pergunta, para o pequeno investidor aquele que consegue poupar somete R$50,00 ou R$100,00 por mês, qual seria o melhor investimento agora?

  2. Wagner, para valores inferiores a R$ 40.000,00 fica difícil conseguir taxas de administração vatajosas em fundos de investimentos DI ou Renda Fixa. Neste caso, se você estiver procurando segurança, eu ficaria com a poupança mesmo.

    Talvez o Tesouro Direto valha a pena, mas, não agora. A selic ainda está acima de 8,5% e nesse caso a poupança ainda é o melhor investimento para poucos valores e investimentos com prazos inferiores a 1 ano. Quando você ultrapassar a marca dos R$ 5.000,00 na nova poupança, talvez valha a pena estudar o tesouro direto como uma opção.

    Se você tem espírito agressivo e achar que o real irá desvalorizar mais, comprar dólar para revender mais caro depois pode ser uma opção. Só que eu acho muito arriscado, pois, o governo tem controlado a cotação desta moeda e apesar de acreditar que o real desvalorizará mais, eu não sei dizer quando isso pode ocorrer. Pode ser no mês que vêm ou só depois das olimpíadas no Rio.

    Enfim, para pequenos valores e investimentos de curto prazo eu acho que a poupança é melhor pela sua liquidez, isenção de IR e facilidade de administrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.